Conecte com a gente




Mundo Cristão

Menina com síndrome rara inspira com sua alegria: “Deus tem um propósito”

A pequena Karunia dá uma lição de gratidão a Deus, mesmo lidando com preconceitos diários por causa de sua condição rara.

Editoria Jornal O Cristão

Publicado

em

Nascer com condições especiais não impediu a pequena Karunia de se sentir confiante. Ela está mudando a mentalidade de sua comunidade no leste da Indonésia e enfrentando o bullying.

Karunia nasceu com Síndrome de Apert, uma condição congênita rara caracterizada por uma anomalia na cabeça e na face. Por causa disso, ela é alvo de olhares e comentários ofensivos. Algumas crianças em sua aldeia ficam com medo de Karunia e choraram ao vê-la.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A mãe de Karunia, Angel, lembra os estágios iniciais de sua vida, quando ela sofria com dores, febre alta, falta de ar e transpiração excessiva. Naquele período, Angel se sentia despreparada para criar a filha: “Eu apenas chorei e me perguntei por que Deus e a confiou a mim”.

Mas, graças à intervenção da organização Compassion International, os líderes da igreja local ajudaram Angel e seu marido, Candra, a criar Karunia para se tornar a criança saudável e feliz que ela é hoje.

Por meio de visitas domiciliares e apoio da igreja local, Angel e Candra foram incentivados a encarar de forma positiva esse presente de Deus. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Podemos ver como os pais de Karunia mudaram sobre não aceitar o fato da condição de sua filha. Agora eles aceitam quem é sua menina de todo o coração”, conta Grace, secretária do centro de desenvolvimento infantil de Karunia. 


Karunia e seus pais, Candra e Angel.  (Foto: Compassion International)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Candra e Angel ensinaram sua preciosa menina a aceitar e amar sua condição. Seu pai incentivou a internalizar estas palavras: “Você é um presente de Deus”. 

E ela levou essas palavras a sério! Seu sonho é se tornar uma cantora quando crescer. “Adoro liderar orações ou cantar e tenho um sonho de ser cantora no futuro”, afirma a menina.

Anges Singel, professora de Karunia, compartilha: “Eu não tinha certeza da capacidade dela no primeiro semestre, mas agora tenho certeza de que ela é uma das boas alunas da turma. Ela é focada e entende rapidamente sempre que um professor dá uma instrução para a classe”.

“Eu sou linda como minha mãe”, Karunia afirma. “Quando fui ridicularizada por não ter dedos normais, minha mãe me ensinou a dizer que foi Jesus que me deu”.

Karunia ensinou sua família e amigos sobre auto-aceitação e verdadeira gratidão por tudo o que acontece na vida. Angel conta que sua filha a ensinou a ser uma mulher de Deus mais forte. “Ela é da minha própria carne e sangue, e temos que cuidar dela enquanto Deus nos der vida, porque Deus tem um propósito para ela”.

Fonte: CBN News



PUBLICIDADE