Conecte com a gente




Mundo Cristão

Cristão que sobreviveu ao Boko Haram está no Brasil para contar sua história

Entre os dias 27 de setembro e 13 de outubro ele visitará algumas igrejas brasileiras para contar seu testemunho.

Editoria Jornal O Cristão

Publicado

em

Em 2014 o nigeriano cristão Ibrahim* viu sua cidade ser destruída e seus vizinhos serem mortos durante um ataque do grupo extremista Boko Haram.

Ele consegue se lembrar daquela madrugada com detalhes: era aproximadamente 4h, ele sua família haviam lido a Bíblia e orado a Deus, então ouviram de longe alguns sons.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Saí rapidamente de casa para ter uma imagem clara do que estava acontecendo e vi ao longe um grande grupo de guerrilheiros fortemente armados, gritando ‘allahu akbar’ (que significa ‘Alá é o maior’ e frequentemente utilizado por grupos extremistas quando vão atacar). Eles também gritavam ‘Cristãos, seu fim chegou hoje’”.

O número de guerrilheiros era muito grande e estavam fortemente armados com metralhadoras, jipes, tanques de guerra.

“Voltei correndo para dentro de casa e pedi a direção de Deus, entregando minha vida e minha família a Ele”. Instantaneamente ouvi uma voz, dizendo: “nada vai acontecer a você”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A partir daí, o que Ibrahim pôde testemunhar foi a cidade ser saqueada e reduzida a pó. Sua casa e sua loja não se salvaram, mas ele sobreviveu e está no Brasil entre os dias 27 de setembro e 13 de outubro para falar sobre essa experiência.

Com apoio da equipe do Portas Abertas, Ibrahim (nome fictício para preservar sua segurança) estará em várias igrejas brasileiras dando seu testemunho e falando sobre a situação dos cristãos na Nigéria, país africano que ocupa o 12º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2019.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Comentar este Artigo:
Continue lendo
Publicidade



PUBLICIDADE